Tinta_sobreposicao

  AULAS E  
  PROFESSORES   

Música para Bebês (de 2 meses a 2 anos)
Composto por uma aula semanal em grupo de 50 minutos. Pais, ou responsáveis participam ativamente das aulas.
Musicalização I (2 e 3 anos)
Composto por uma aula semanal em grupo de 50 minutos. Pais, ou responsáveis participam ativamente das aulas.
Musicalização II (4 e 5 anos)
Composto por uma aula semanal em grupo de 50 minutos.

Leitura e Grafia Musical (de 6 a 10 anos)
Composto por uma aula semanal em grupo de 50 minutos.
Instrumento + Leitura Musical (até 10 anos)
Composto por duas aulas semanais de 50 minutos cada. Uma individual do instrumento e outra em grupo de Leitura Musical.
Instrumento/canto
Composto por uma aula semanal individual de 50 minutos.
TODOS
Bateria
Canto
Cordas
Musicalização
Piano e Teclado
Sopros

Maria de Moraes

Piano
Maria de Moraes

Piano

Mestre em Teologia (linha de pesquisa em Música) pelo Instituto Ecumênico de Pós-Graduação São Leopoldo; Bacharel em Piano pela Universidade Federal de Pelotas, com especialização em Arte-Música, pela mesma Universidade Estudou com Yara Cava (Pelotas), Antônio Alexandre Bispo (SP) e Dirce Knijnik (POA). Trabalhou como professora de Piano, História da Música, Música de Câmara, Folclore Nacional e Teoria/Percepção na Universidade Federal de Pelotas, na Escola de Belas Artes Heitor Lemos (RG), no Instituto de Música da Escola Superior de Teologia (SL) e no Conservatório de Música Léo Schneider (IPA/IMEC).

Samara Moraes

Violoncelo
Samara Moraes

Violoncelo

Natural de Guarapuava (PR), iniciou seus estudos na Música aos seis anos
tocando flauta doce em um projeto da cidade, tendo aprendido outros instrumentos como Clarinete, Saxofone, e Viola antes de, aos onze anos de idade, começar a estudar Violoncelo como autodidata. Realizou o curso de Filosofia Suzuki com a professora Shinobu Saito em 2018, e atualmente é estudante do curso de Bacharelado em Música na UFRGS, sob orientação da Profa. Milene Aliverti. Participou do Festival Louvação em Curitiba, do Gramado in Concert 2019, das XIX e XX edições do Encontro de Violoncelos do RS e também participou do 2o Concurso Jovem Solista Violoncelista do RS, tendo ficado em segundo lugar e sido eleita Melhor aluna de Violoncelo da UFRGS em 2019. Teve aulas e masterclasses com diversos violoncelistas: Nuria Muntañola (ESP), Hans Twitchell (EUA), Michael Corsen (ALE), Maria Eduarda Canabarro (BRA), Martina Ströher (BRA), Hugo Pilger (BRA), Alceu Reis (BRA) e Bianca d’Avila do Prado (BRA), entre outros. Atualmente integra o grupo de música barroca As Mulheres de Bah! e, é professora na Escola de Música Tio Zequinha em Porto Alegre.

Cristina Kotz

Musicalização
Cristina Kotz

Musicalização

Iniciou seus estudos de música aos 15 anos no Instituto de Educação Ivoti com o professor
Irving Feldens com o qual teve aulas de violino por 6 anos e também Teoria e Grafia Musical,
foi integrante da orquestra escolar e participou da excursão artística desta Instituição, levando
teatro, música e danças típicas a diversas cidades do RS e SC por dois anos. Formou-se no
curso de magistério em 1999 nesta mesma Instituição. No ano 2000 fez seu primeiro curso de
capacitação no Método Suzuki com a professora Caroline Fraser (Peru) em Santa Maria. Foi
professora de música nas escolas municipais de Ivoti de 2000 a 2002. Em 2004 fez estágio na
Escola de Música Tio Zequinha sob orientação da professora Maria Elena Gallicchio. Formada
no curso Técnico em Secretariado pelo Instituto Federal (2008). Foi aluna de viola do professor
Nelson Eddy Menezes por 2 anos(2012-2013)e integrante da Camerata Jovem de Porto Alegre.
Hoje integra a equipe de professoras da Musicalização da Escola de Música Tio Zequinha.

Paula Scheid

Piano
Paula Scheid

Piano

Bacharel em Piano pelo curso de música da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na qual foi aluna dos professores Heloísa Maibrada e Antônio Nigro. Iniciou seus estudos no piano aos 7 anos de idade em sua cidade natal, Recife. Durante a graduação, participou de diversos festivais e masterclasses, onde pôde receber orientação artística de pianistas renomados, como Lucia Barrenechea, Eduardo Monteiro e Daniel Gortler. Em 2007 participou do IX Torneio de Piano do Conservatório Pernambucano de Música, obtendo o 2o lugar em sua categoria. Em 2009 foi bolsista da CAPES no intercâmbio “Music Alive!”, tendo feito 1 semestre da graduação nos EUA, sob orientação da professora Christine Kefferstan. Em sua volta ao Brasil, foi convidada para ser monitora do projeto de pesquisa da UFPE “Piano Criativo”, atuando como professora de piano. Mudou-se para Porto Alegre em 2014, participando da classe de piano da profa dra Catarina Domenici (UFRGS) durante os dois anos seguintes. Dedicada ao ensino do piano, participou de cursos como: Rítmica Dalcroze na UFRGS(2014),
do Encontro de Pedagogia do Piano da UFSM (2015), Leitura Musical (I e II) e Filosofia Suzuki (2017) e de Workshops relacionados ao ensino do piano por imitação.h

Aretha Lima

Musicalização
Aretha Lima

Musicalização

Aretha Morais Lima começou seus estudos musicais aos 4 anos de idade na Escola de Música Tio
Zequinha, aprendendo violino, viola, piano e técnica vocal, tendo como base a metodologia Suzuki.
Em 2012 participou do Workshop de “Musicalização na Educação Infantil”, ministrado pela
professora de música Juleandra Lima, promovido pela Escola de Educação Infantil Giordano Bruno.
Gravou o CD de Musicalização da Escola de Música Tio Zequinha, no verão de 2011. Em 2013,
integrando o Coral da UFRGS, participou do Concerto Metaphisica Sinfonia Coral, obra de Antonio
Meneghetti, orquestrada por Vagner Cunha e regida pelo seu pai, o maestro Antônio Carlos Borges-
Cunha, tendo ainda a participação da solista Carla Mafioletti. Foi professora voluntária de música
no projeto social Ré Mi Sol, oferecendo oficinas de técnica vocal, piano e musicalização. Aretha
Lima canta profissionalmente desde seus 14 anos e em 2016 participou do programa The Voice
Brasil, no time do cantor Carlinhos Brown. Atualmente, Aretha está cursando Música Popular na
Universidade Federal do Rio Grande do Sul e iniciando sua capacitação de professora Suzuki. Atua
como professora de musicalização na Escola de Música Tio Zequinha e na Escola de Educação
Infantil Giordano Bruno.

Dalires Kotz

Violino - Viola
Dalires Kotz

Violino - Viola

Iniciou seus estudos do violino pelo Método Suzuki aos 15 anos com o Prof. Irving Feldens no Instituto de Educação Ivoti (Ivoti/RS). Como violinista participou de vários festivais de música pelo Brasil e Chile, além de participar de turnês pela Europa com a Camerata Ivoti nos anos de 2006 e 2008. Como professora, fez  cursos de capacitação para professores de violino  dos volumes 1 ao 7do Método Suzuki pela SAA (Suzuki American Association) com a Teacher Trainer Barbara Barber (USA) e cusos de Filosofia c om Eduardo Ludueña  e Shinobu Saito.  Desde 2001 integra o corpo docente da EMTZ. Em 2008, concluiu o curso de Licenciatura em Música pela UFRGS, tendo como professores Hella Frank e Fredi Gerling. Também atua como maestrina da Orquestra Vivace uma orquestra formada por alunos adultos. Atualmente faz curso de viola pela extensão da UFRGS com a prof. Hella Frank, e violista na Camerata Jovem de Porto Alegre.

Jacqueline Menezes

Piano
Jacqueline Menezes

Piano

Natural de Caxias do Sul, RS. Graduada em Piano pela UFRGS na classe da Profª Zuleika Rosa Guedes e em Música de Câmera com o Prof. Jean Jacques Pagnot. Estudou com os professores Roberto Szidon, Miguel Proença, Homero de Magalhães e Sônia Goulart. Fez pós-graduação na UFRGS (Especialista em Música), onde teve orientação pianística das professoras Zuleika Rosa Guedes e Dirce Bauer Knijnik e em Música de Câmera com o professor Marcello Guerchfeld. De 1999 até 2005 foi pianista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).

Miriã Farias

Violino e Musicalização
Miriã Farias

Violino e Musicalização

Graduada no curso de bacharelado em Música com ênfase em violino da UFRGS em 2016, onde foi orientada pelos professores Fredi Gerling e Hella Frank. Miriã Moreira Farias iniciou seus estudos de violino aos 2 anos de idade com o professor Carlos Alberto de Souza através do Método Suzuki.Durante a faculdade ministrou aulas de violino no Curso de Extensão da UFRGS buscando orientar alunos que pretendem fazer a prova específica de música da UFRGS. Participou de diversos festivais de música pelo Rio Grande do Sul e Minas Gerais. A talentosa violinista, que transita com facilidade entre o erudito e o popular, acompanha desde 2013 a cantora Luana Pacheco, bem como outros artistas da cena musical de Porto Alegre. Como professora, tem buscado se aperfeiçoar no ensino de música através de cursos de capacitação, tais como oficinas de musicalização com a renomada Thelma Chan em julho de 2012; curso de Filosofia Suzuki com o professor Eduardo Ludueña (ARGENTINA) em julho de 2014 e do curso de Leitura Musical com a professora Caroline Fraser (PERÚ) em novembro de 2015.

Josué Farias

Violão
Josué Farias

Violão

Iniciou seus estudos com o pai, Pedro Farias, através do Método Suzuki para violão clássico. Estudou com outros professores, entre eles Davi Moreira e Fernando Pereira. Em 2004 começou a dar aulas de instrumento trabalhando também com aulas de prática em conjunto e teoria musical. Atualmente faz o curso de licenciatura em música na UFRGS e integra o corpo docente da Escola de Música Tio Zequinha.

Maria Elena

Musicalização
Maria Elena

Musicalização

Bacharel em piano pela UCS-RS, , especialista em Folclore pela Faculdade de Música Palestrina-RS. Cursou o 12th Suzuki Method World Convention –Baby Class em Dublim – Irlanda. É também responsável pela elaboração e coordenação do programa de Musicalização – Teoria da e Percepção da Escola de Música Tio Zequinha, em vigência desde 1985. Especialista em Musicoterapia pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro. Apresentou trabalhos em Congressos Latino Americanos, foi palestrante dos IX, X e XII Congressos Mundiais de Musicoterapia nos Estados Unidos, Inglaterra e Argentina. É fundadora do Núcleo de Musicoterapia da escola.

Aline Güntzel

Musicalização e Flauta Doce
Aline Güntzel

Musicalização e Flauta Doce

Tem se dedicado ao ensino de flauta doce há 13 anos atuando como professora no Brasil e também na Alemanha com crianças, jovens e adultos incluindo ensino profissionalizante. É professora Suzuki certificada tendo estudado com Mary Halverson Waldo na primeira semana Suzuki Teacher Training no Brasil.  No Instituto Federal do Rio Grande do Sul foi professora substituta de flauta doce e teoria musical no Curso Técnico em Instrumento Musical, bem como no Projeto Prelúdio.

Como instrumentista já realizou concertos na Europa, Uruguai e em diversos lugares pelo Brasil. Em 2015 ganhou menção honrosa com o Quarteto Brasilien Block no Open Recorder Days, concurso internacional de flauta doce realizado em Amsterdam. Em 2016 juntamente com seus três colegas do Brasilien Block Quarteto, promoveu a música brasileira através de oficinas, masterclasses, concerto didático e concerto oficial na 1ª Brazilian Musik Week da International German School Vietnam em Ho Chi Minh City.

Jonathan Spinelli

Violão
Jonathan Spinelli

Violão

Jonathan iniciou sua formação musical aos 11 anos de idade, na Escola de Música da OSPA, onde aprendeu teoria musical enquanto levava o estudo do violão de forma autodidata, até ingressar na universidade. Bacharel em Música pela UFRGS, durante a graduação aperfeiçoou os estudos sob a orientação do prof. Paulo Inda, realizou recitais por algumas cidades do RS e ministrou aulas de violão e de teoria por dois anos nos cursos de extensão da UFRGS. Atualmente, realiza o mestrado em Música (Práticas Interpretativas) sob orientação artística do prof. Daniel Wolff e orientação de pesquisa acadêmica da prof. Regina Antunes Teixeira dos Santos, na área de Cognição e Música.

1 2 3

  ATIVIDADES  
  EXTRAS   

As atividades de prática em conjunto e apresentações fazem parte da proposta pedagógica da escola, proporcionando ao aluno um desenvolvimento mais amplo da habilidade musical, humana, social e cognitiva, sendo a extensão da sua aula individual de instrumento ou canto. Estas atividades extras são oferecidas gratuitamente.

Orquestras

  • Orquestra Escola

Tem por objetivo a iniciação do aluno na atividade de orquestra, o desenvolvimento da leitura musical e da prática de conjunto.

  • Camerata Tio Zequinha

Orquestra dos alunos avançados. A Camerata busca um refinamento técnico e artístico, executando repertório genuinamente orquestral, variando em estilos e compositores.

  • Orquestra Vivace 

Destinada a alunos adultos da escola, com objetivo de proporcionar a prática de  instrumento em grupo, de compartilhar experiências e de fortalecer a socialização.

Aulas em Grupo

As aulas em grupo são parte integrante da metodologia Suzuki e se destinam aos diversos naipes de instrumento e canto presentes na escola.
Uma das características destas aulas é a interação social entre as famílias mantendo a motivação e a vontade de aprender do aluno através da prática em conjunto.
 

Bandas

Uma atividade direcionada aos alunos dos cursos populares com objetivo de trabalhar um repertório variado da atualidade.

  EVENTOS  
  EXTERNOS   

  AUDIÇÕES  
  INTERNAS   

   CONTATO    

Fone: (51) 3332 9531
[email protected]

   ENDEREÇO    

Rua Lucas de Oliveira 894
Mont Serrat, Porto Alegre-RS

   FALE CONOSCO