Tinta_sobreposicao

  AULAS E  
  PROFESSORES   

INSTRUMENTO + LEITURA MUSICAL (para alunos até 10 anos)

Composto por duas aulas semanais de 50 minutos cada. Uma individual do instrumento e outra em grupo de Leitura Musical / Conjunto Instrumental.
 
INSTRUMENTO
Composto por uma aula semanal individual de 50 minutos. O aluno também pode ingressar gratuitamente nas aulas semanais em grupo, bandas e orquestras.
Todos
Bateria
Canto
Cordas
Musicalização
Piano e Teclado
Sopros

Juleandra Lima

Flauta Transversa
Juleandra Lima

Flauta Transversa

Licenciada em música habilitação flauta transversa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Iniciou seus estudos de música na Escola de Música Tio Zequinha aos 11 anos, onde escolheu a flauta transversa como instrumento principal. Concluiu os conteúdos da teoria musical na Escola e participou de vários cursos e oficinas .Em 1999 iniciou seu trabalho como professora de musicalização na escola  sob a coordenação da professora Maria Elena Gallicchio. Também tem seus trabalhos paralelos como flautista em Orquestras de Câmara , Quintetos e Quartetos onde se apresenta dentro e fora do país.

Diego Farias da Silva

Violino - cavaquinho - Acordeon
Diego Farias da Silva

Violino - cavaquinho - Acordeon

Diego Farias da Silva iniciou seus estudos musicais no violino aos 4 anos de idade pelo método Suzuki de ensino com o professor Carlos Alberto de Souza. Aos 9 anos de idade começou a estudar acordeon com o professor Fernando Mello, participou de diversos rodeios artísticos pelo estado obtendo inúmeros troféus pelo seu excelente desempenho. Paralelamente ao violino e acordeon iniciou aos 14 anos seus estudos no cavaquinho. Tem em seu currículo várias apresentações em rodeios artísticos (acordeon), orquestras (violino), grupos de samba e pagode (cavaquinho e voz). Tem se especializado no ensino de crianças e adultos com cursos de capacitação Suzuki. Ao longo desses anos Diego vai do clássico ao popular com grandes habilidades musicais, sempre tendo a paixão pela música como maior motivação.

Maria Luiza de Moraes

Piano
Maria Luiza de Moraes

Piano

Mestre em Teologia (linha de pesquisa em Música) pelo Instituto Ecumênico de Pós-Graduação São Leopoldo; Bacharel em Piano pela Universidade Federal de Pelotas, com especialização em Arte-Música, pela mesma Universidade Estudou com Yara Cava (Pelotas), Antônio Alexandre Bispo (SP) e Dirce Knijnik (POA). Trabalhou como professora de Piano, História da Música, Música de Câmara, Folclore Nacional e Teoria/Percepção na Universidade Federal de Pelotas, na Escola de Belas Artes Heitor Lemos (RG), no Instituto de Música da Escola Superior de Teologia (SL) e no Conservatório de Música Léo Schneider (IPA/IMEC).

Cristina Kotz

Musicalização
Cristina Kotz

Musicalização

Iniciou seus estudos de música aos 15 anos no Instituto de Educação Ivoti com o professor
Irving Feldens com o qual teve aulas de violino por 6 anos e também Teoria e Grafia Musical,
foi integrante da orquestra escolar e participou da excursão artística desta Instituição, levando
teatro, música e danças típicas a diversas cidades do RS e SC por dois anos. Formou-se no
curso de magistério em 1999 nesta mesma Instituição. No ano 2000 fez seu primeiro curso de
capacitação no Método Suzuki com a professora Caroline Fraser (Peru) em Santa Maria. Foi
professora de música nas escolas municipais de Ivoti de 2000 a 2002. Em 2004 fez estágio na
Escola de Música Tio Zequinha sob orientação da professora Maria Elena Gallicchio. Formada
no curso Técnico em Secretariado pelo Instituto Federal (2008). Foi aluna de viola do professor
Nelson Eddy Menezes por 2 anos(2012-2013)e integrante da Camerata Jovem de Porto Alegre.
Hoje integra a equipe de professoras da Musicalização da Escola de Música Tio Zequinha.

Dalires Kotz

Violino
Dalires Kotz

Violino

Iniciou seus estudos do violino pelo Método Suzuki aos 15 anos com o Prof. Irving Feldens no Instituto de Educação Ivoti (Ivoti/RS). Como violinista participou de vários festivais de música pelo Brasil e Chile, além de participar de turnês pela Europa com a Camerata Ivoti nos anos de 2006 e 2008. Como professora, fez  cursos de capacitação para professores de violino  dos volumes 1 ao 7do Método Suzuki pela SAA (Suzuki American Association) com a Teacher Trainer Barbara Barber (USA) e cusos de Filosofia c om Eduardo Ludueña  e Shinobu Saito.  Desde 2001 integra o corpo docente da EMTZ. Em 2008, concluiu o curso de Licenciatura em Música pela UFRGS, tendo como professores Hella Frank e Fredi Gerling. Também atua como maestrina da Orquestra Vivace uma orquestra formada por alunos adultos. Atualmente faz curso de viola pela extensão da UFRGS com a prof. Hella Frank, e violista na Camerata Jovem de Porto Alegre.

Aretha Lima

Musicalização
Aretha Lima

Musicalização

Aretha Morais Lima começou seus estudos musicais aos 4 anos de idade na Escola de Música Tio
Zequinha, aprendendo violino, viola, piano e técnica vocal, tendo como base a metodologia Suzuki.
Em 2012 participou do Workshop de “Musicalização na Educação Infantil”, ministrado pela
professora de música Juleandra Lima, promovido pela Escola de Educação Infantil Giordano Bruno.
Gravou o CD de Musicalização da Escola de Música Tio Zequinha, no verão de 2011. Em 2013,
integrando o Coral da UFRGS, participou do Concerto Metaphisica Sinfonia Coral, obra de Antonio
Meneghetti, orquestrada por Vagner Cunha e regida pelo seu pai, o maestro Antônio Carlos Borges-
Cunha, tendo ainda a participação da solista Carla Mafioletti. Foi professora voluntária de música
no projeto social Ré Mi Sol, oferecendo oficinas de técnica vocal, piano e musicalização. Aretha
Lima canta profissionalmente desde seus 14 anos e em 2016 participou do programa The Voice
Brasil, no time do cantor Carlinhos Brown. Atualmente, Aretha está cursando Música Popular na
Universidade Federal do Rio Grande do Sul e iniciando sua capacitação de professora Suzuki. Atua
como professora de musicalização na Escola de Música Tio Zequinha e na Escola de Educação
Infantil Giordano Bruno.

Thiago Marques

Teclado
Thiago Marques

Teclado

Licenciado em Música pelo Centro Universitário Metodista – Instituto Porto Alegre. Estudou desde cedo com diferentes professores, tendo aulas de teclado, órgão elétrico e piano. Em seu currículo estão diversos cursos ligados a teclados, sintetizadores e música em geral, dentre eles o curso “Música e Tecnologia”, no Departamento de Música Eletrônica da UFRGS. Músico de palco e estúdio tem atuado como tecladista em diversas bandas e projetos, trabalhando em shows, eventos, workshops e gravações. Atualmente, Thiago tem também se dedicado a um projeto instrumental, de caráter único, chamado “GranDense”. Com o baterista Ébano Santos, tem explorado a integração dos dois instrumentos em músicas de estilo híbrido. Ainda merece destaque a composição de Thiago Marques para homenagear o Sport Club Internacional em seu centenário – a música “Século de Vitórias”, que se aproxima da marca dos 50.000 acessos no YouTube.

Jacqueline Vita de Menezes

Piano
Jacqueline Vita de Menezes

Piano

Natural de Caxias do Sul, RS. Graduada em Piano pela UFRGS na classe da Profª Zuleika Rosa Guedes e em Música de Câmera com o Prof. Jean Jacques Pagnot. Estudou com os professores Roberto Szidon, Miguel Proença, Homero de Magalhães e Sônia Goulart. Fez pós-graduação na UFRGS (Especialista em Música), onde teve orientação pianística das professoras Zuleika Rosa Guedes e Dirce Bauer Knijnik e em Música de Câmera com o professor Marcello Guerchfeld. De 1999 até 2005 foi pianista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).

Bianca d’Avila

Violoncelo
Bianca d’Avila

Violoncelo

Bacharel em Música pela Universidade Federal de Santa Maria no ano de 2007, sob a orientação da Prof. Dra. Angela Ferrari, iniciou seus estudos no Instituto de Educação de Ivoti no ano de 2000. Atuou como violoncelista da Orquestra Sinfônica de Santa Maria de 2003 a 2007, sendo chefe de naipe desde o ano de 2005 e da Orquestra Filarmônica da PUCRS de 2006 a 2011. Foi professora de violoncelo do Laboratório de Desenvolvimento Vocal e Instrumental da UFSM de 2004 a 2006, do Instituto de Educação de Ivoti no ano de 2008 e do Projeto de Música do Centro SESI de Arte e Cultura de 2008 a 2010. Desde de 2012 vem capacitando-se continuamente como professora pelo Método Suzuki sob a orientação dos professores Shinobu Saito (Brasil) e Eduardo Ludueña (Argentina) nos cursos de Filosofia e David Evenchik (Canadá) nos cursos de Violoncelo dos Livros 1 a 4 e Estratégias de Ensino. Atualmente é professora da Escola de Música Tio Zequinha e violoncelista da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro. Paralelamente, faz participações como convidada em diversas orquestras e grupos de câmara no Estado, além de fazer parte da Camerata OntoArte Recanto Maestro, com a qual já esteve se apresentando na Itália, na Rússia e em diversas capitais brasileiras, em virtude do lançamento do CD Camerata Ontoarte e Carla Maffioletti, interpretando obras de Antonio Meneghetti. Também integra o quarteto de violoncelos Quatricelli, com o qual foi vencedor do Prêmio Funarte de Concertos Didáticos no ano de 2014, levando um panorama da música desde o Renascimento até os dias atuais a crianças de 8 escolas públicas de Porto Alegre.

Miriã Farias

Violino
Miriã Farias

Violino

Graduada no curso de bacharelado em Música com ênfase em violino da UFRGS em 2016, onde foi orientada pelos professores Fredi Gerling e Hella Frank. Miriã Moreira Farias iniciou seus estudos de violino aos 2 anos de idade com o professor Carlos Alberto de Souza através do Método Suzuki.Durante a faculdade ministrou aulas de violino no Curso de Extensão da UFRGS buscando orientar alunos que pretendem fazer a prova específica de música da UFRGS. Participou de diversos festivais de música pelo Rio Grande do Sul e Minas Gerais. A talentosa violinista, que transita com facilidade entre o erudito e o popular, acompanha desde 2013 a cantora Luana Pacheco, bem como outros artistas da cena musical de Porto Alegre. Como professora, tem buscado se aperfeiçoar no ensino de música através de cursos de capacitação, tais como oficinas de musicalização com a renomada Thelma Chan em julho de 2012; curso de Filosofia Suzuki com o professor Eduardo Ludueña (ARGENTINA) em julho de 2014 e do curso de Leitura Musical com a professora Caroline Fraser (PERÚ) em novembro de 2015.

Davi Silveira

Piano
Davi Silveira

Piano

Iniciou seus estudos no programa de extensão em música da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente está cursando o oitavo semestre do curso de música – bacharelado em Piano na mesma universidade com a orientação da Professora Dra. Cristina Capparelli Gerling. Participou de inúmeras masterclasses com pianistas renomados no Brasil e no exterior como: Ney Fialkow (UFRGS), Maurício Veloso (BRA), Ronaldo Rolim (BRA/EUA), Ana Flávia Frazão (BRA), Erika Maria Ribeiro (UNIRIO), Blair McMillen (Nova Iorque, EUA), Roderigo Nobles (Holanda), Midori Maeshiro (BRA), Michael Gurt (EUA), Richard Steinbach (EUA), entre outros. Além de Masteclasses, Davi teve aula com outros professores como Catarina Domenici (UFRGS), Carmen Celia Fregoneze (Embap) e David Witten (EUA). Fez o primeiro recital de piano solo no Centro Histórico-Cultural Santa Casa sob o convite do professor André Loss (UFRGS). Davi foi professor do curso de extensão da UFRGS e contribui com análises de obras para o acervo encontrado no site www.ufrgs.br/gppi/ do Grupo de Pesquisa em Práticas Interpretativas o qual traz análises de obras da América Latina.

Maria Elena

Musicalização
Maria Elena

Musicalização

Bacharel em piano pela UCS-RS, , especialista em Folclore pela Faculdade de Música Palestrina-RS. Cursou o 12th Suzuki Method World Convention –Baby Class em Dublim – Irlanda. É também responsável pela elaboração e coordenação do programa de Musicalização – Teoria da e Percepção da Escola de Música Tio Zequinha, em vigência desde 1985. Especialista em Musicoterapia pelo Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro. Apresentou trabalhos em Congressos Latino Americanos, foi palestrante dos IX, X e XII Congressos Mundiais de Musicoterapia nos Estados Unidos, Inglaterra e Argentina. É fundadora do Núcleo de Musicoterapia da escola.

1 2

  ATIVIDADES  
  EXTRAS   

AULAS EM GRUPO

Integram o Método Suzuki; mantêm o entusiasmo e a vontade de atender do aluno, além de aprimorar sua capacidade de trabalho em equipe e socialização.

BANDAS

Ensaios semanais com acompanhamento dos professores, proporcionando troca de experiências musicais e sociais.

ORQUESTRAS
Possibilitam ao aluno o aprofundamento das práticas musicais em conjunto. São encontros semanais para níveis INICIANTE, INTERMEDIÁRIO e AVANÇADO.
Orquestra Vivace
Destinada a alunos adultos dos cursos de violino, viola, violoncelo, piano e flauta transversa, o grupo iniciou suas atividades em abril de 2012, sob a regência da professora Dalires Kotz.
Camerata Jovem
Orquestra dos alunos avançados. Enquanto as demais orquestras da escola possuem caráter predominantemente educativo, a Camerata busca um refinamento técnico e artístico, executando repertório genuinamente orquestral.
Orquestra Jovem Villa-Lobos
É a orquestra destinada aos alunos do nível intermediário. Trata-se da continuação do trabalho desenvolvido na orquestra infanto-juvenil.
Orquestra Infanto-Juvenil Tutti Belli
Tem por objetivo a iniciação do aluno na atividade orquestra, o desenvolvimento da leitura musical, a prática de conjunto, enfim, aprender o que é uma orquestra e como se comportar dentro dela.

  EVENTOS  
  EXTERNOS   

Grandes produções nos maiores teatros da cidade, onde o aluno adquire experiência de palco e contato com o público

  AUDIÇÕES  
  INTERNAS   

Atividade regular, aberta aos pais e público em geral, em que os professores inscrevem seus alunos para apresentarem ao vivo o que têm aprendido nas aulas.

   CONTATO    

Fone: (51) 3332 9531
contato@tiozequinha.com.br

   ENDEREÇO    

Rua Lucas de Oliveira 894
Mont Serrat, Porto Alegre-RS

   FALE CONOSCO